Início » Carnaval por cidades » Carnaval Rio de Janeiro em 2021 – Programação de Desfiles e Blocos de Rua

Carnaval Rio de Janeiro em 2021 – Programação de Desfiles e Blocos de Rua

🔴 ATUALIZAÇÃO (Janeiro/21):

O Carnaval 2021 provavelmente permanecerá cancelado, pois, de acordo com o prefeito Eduardo Paes (DEM), não há sentido imaginar a festividade em outras datas tão distantes do real feriado – uma das ideias era programar o Carnaval em julho.

Por isso, acredita-se que os cariocas deverão esperar até 2022.

Outras novidades e atualizações seja acrescentadas ao conteúdo ao serem anunciadas.


Quando for acontecer, o que você precisa fazer (e saber)?

Confira tudo o que já sabemos sobre o Carnaval de 2021 do Rio de Janeiro, programe-se com antecedência e garanta já o seu lugar nesta que é considerada por muitos a “maior festa da Terra” e que só fica atrás do Carnaval de Salvador nos maiores blocos do mundo!

O evento costuma durar de sábado até terça-feira, seja o carnaval de rua ou ou blocos de carnaval tradicionais, que acontecem como os desfiles no sambódromo, com toda a festa à fantasia, para cantar enredo e os grupos tradicionais envolvidos.

Datas dos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro – Carnaval 2021

CalendárioEm 2021, os Feriados de Carnaval no Rio de Janeiro cairão entre os dias 13/02 e 16/02, começando em um sábado e terminando numa terça-feira.

Os desfiles, entretanto, ainda estão indefinidos e podem não ocorrer em 2021.

Quais as escolas de samba do Rio?

As escolas de samba cariocas são conhecidas pelo seu dedicado trabalho e que todos os anos prometem muito. Clique no botão abaixo para conferir o conteúdo completo!

  • União da Ilha
  • Mocidade
  • Unidos da Tijuca
  • Portela
  • Viradouro
  • Grande Rio
  • Salgueiro
  • Vila Isabel
  • Beija-flor
  • Mangueira
  • Estácio de Sá
  • São Clemente
  • Paraíso do Tuiuti
  • Imperatriz
  • Porto da Pedra
  • Império Serrano
  • Rocinha
  • Império da Tijuca
  • Belford Roxo
  • Renascer
  • Santa Cruz
  • Cuango
  • Padre Miguel
  • Sossego
  • Unidos da Ponte
  • Unidos de Bangu
  • Vigário Geral

Programação dos desfiles carnavalescos 2021

A ordem dos desfiles é decidida num sorteio imparcial. Em julho a organização Liesa representa as Escolas de Samba à imprensa se reúne no Anfiteatro para programar quando vai ser feito cada Desfile das Escolas de Samba de 2021.

As vencedoras do grupo A de 2017 abrirá os desfiles do Grupo Especial, que acontece no domingo. A escola com a menor colocação, no ano passado,  será a primeira semana a desfilar na Segunda semana de Carnaval.

A ordem dos desfiles é feita de modo que as melhores escolas fiquem distribuídas ao longo da semana, de modo que não possam passar duas na mesma data. A partir do sorteio, as escolas restantes são divididas em pares equivalentes para se fazer um equilíbrio entre domingo e segunda-feira.

Desse modo, o desfile se forma aleatoriamente e oferece espontaneamente na semi-final. Para definição do resultado é feito uma análise das notas dos avaliadores.

A cidade do Rio de Janeiro provavelmente terá dias quentes como sempre, principalmente no final de semana, dessa forma, é importante saber mais sobre a agenda do Carnaval, como funciona o transporte para o sambódromo e que horário as escolas irão desfilar, para não passar calor de forma desnecessária.

Localização dos desfiles

A localização do Carnaval do Rio de Janeiro é sempre a mesma: no famoso Sambódromo da Marquês de Sapucaí, localizado na Rua Marquês de Sapucaí, Santo Cristo, Rio de Janeiro.

Preços e Ingressos

Ainda não há informações a respeito do preço dos ingressos para a edição de 2021 do Carnaval do Rio de Janeiro. Porém, podemos traçar algumas médias de preço com base na edição passada, de 2020.

Para os desfiles das escolas do Grupo de Acesso, cujo desfile ocorre na sexta e no sábado, os preços são semelhantes aos seguintes:

  • Na arquibancada: por volta de R$130 a R$450.
  • Nas cadeiras numeradas: por volta de R$200 a R$400.
  • Nas frisas: por volta de R$200 a R$350.
  • Nas frisas cobertas: por volta de R$950 a R$1000.
  • No camarote folia tropical: de R$1000 a R$1500.
  • No camarote super folia: de R$1500 a R$2500.

Para os desfiles das escolas do Grupo Especial, cujo desfile ocorre no domingo e na segunda, os preços são próximos aos seguintes:

  • Na arquibancada: por volta de R$480 a R$1100.
  • Nas cadeiras numeradas: por volta de R$650.
  • Nas frisas: por volta de R$750 a R$3000.
  • Nas frisas cobertas: por volta de R$3800 a R$4000.
  • No camarote folia tropical: por volta de R$2000.
  • No camarote super folia: por volta de R$3700.

Há uma diferença de preço grande entre o desfile das campeãs, além disso, há o acréscimo de hospedagem, alimentação, transporte e demais gastos que ficam por conta do interessado.

Blocos de Rua do Rio de Janeiro

Os principais blocos de rua são:

  • Bloco das poderosas
  • Bloco das preta
  • Cordão da boiada preta
  • Bangalafumenga
  • Banda de Ipanema
  • Sargento Pimenta
  • Simpatia é quase amor
  • Orquestra voadora
  • Carmelitas

História e tradição do carnaval carioca

O Carnaval é a reconhecidamente a maior festa popular brasileira. Ele ocorre sempre durante os quatro dias que precedem a quarta-feira de cinzas, que marca o início da Quaresma.

Durante todo o ano, as Escolas de Samba produzem fantasias, adereços, materiais, carros alegóricos, além de escolherem um tema, preparem um samba-enredo, diversas coreografias etc., tudo isso para desfilarem em determinados dias da semana de carnaval, a depender de suas posições nos carnavais passados.

Cada desfile de cada escola de samba é avaliado por um grupo de jurados, que avaliam diversos aspectos do desfile. Na quarta-feira de cinzas, com todos os desfiles terminados, acontece uma apuração dos votos e, em seguida, a anunciação da escola do Grupo Especial campeã do ano em questão.

As que não obterem bons resultados, são rebaixadas para o Grupo de Acesso. As melhores do Grupo de Acesso, por sua vez, sobem para o Grupo Especial.

Carnaval no Rio de Janeiro

Além dos tradicionais desfiles, é comum, em diversas localidades do Brasil, os foliões (ou seja, aqueles que “caem na folia”) tomarem as ruas, acompanhando carros de som com apresentações de artistas famosos, num clima de muita festa e curtição.

Isso é, costumava acontecer dessa forma antes dos acontecimentos relacionados à pandemia do Covid 19, que já promete alterar todo o guia Carnaval, os ensaios e alguns blocos em questão, isso sem falar no seu ingresso, principalmente para quem já garantiu o mesmo.

Edições Passadas

1 comentário

  • Boa Tarde,
    Gostaria que o Carnaval fosse em outra data. Mês de Junho ou julho, mês de férias dos alunos. As festas Juninas.
    Agradeço.

Comente